segunda-feira, 14 de julho de 2008

"Porto de Abrigo" de Nora Roberts



Este é o 3º livro da Saga de Chesapeak.

Phillip é o único dos três irmãos Quinn que ainda se mantém solteiro. Com muita força de vontade, vai conseguindo conciliar um emprego exigente com os novos deveres familiares, ou seja, ajudar a cuidar de Seth, o irmão adoptivo.

Quando a Dra. Sybil Griffin aparece na vila com o objectivo de pesquisar para um livro que pretende escrever, Phillip não pode deixar de reparar nela, afinal, Sybil é uma mulher misteriosa que agita os seus sentidos e ameaça roubar o seu coração. E se é verdade que Sybil também não pode negar a atracção que sente pelo carismático Phillip, o segredo que a liga ao jovem Seth pode deitar tudo a perder... e destruir a própria família Quinn.

Classificação: *****

sábado, 12 de julho de 2008

O pequeno marciano



Baseado num conto do premiado escritor David Garrold, "O Pequeno Marciano" conta a história de David Gordon (John Cusack), um escritor de ficção científica, que enviuvou recentemente e que resolve adoptar Dennis, um jovem órfão que afirma ser oriundo de Marte. Ignorando todos os avisos da irmã e da responsável do orfanato, David decide mesmo adoptar o estranho rapaz que insiste ser um extraterrestre. Mas, mesmo com a ajuda de uma amiga por quem se começa a sentir atraído, o aspirante a pai começa a perceber no que se está a meter. O seu agente está uma pilha de nervos por causa da entrega do seu próximo livro e a assistente social também tem sérias dúvidas sobre as capacidades de David como pai. E Dennis tem comportamentos cada vez mais estranhos. Mas uma série de acontecimentos inexplicáveis levam David a questionar se a origem marciana será apenas uma fantasia do rapaz. No entanto, seja qual for a origem de Dennis, a verdade é que David está cada vez mais próximo dele, sentindo a poderosa transformação que opera o amor paterno.

É sem dúvida uma lição de vida, muito emocionante.

Cotação: *****

"Marés Altas" de Nora Roberts




Este é o 2º livro da Saga da Baía de Chesepeak.

No 2º volume da Saga da Baía de Chesapeake, Nora Roberts continua a celebrar o forte poder de ligação do amor e da família.
Os três irmãos tiveram de se mudar para a casa da família, na costa este de Maryland, para proteger o seu irmão mais novo, Seth, que tem agora 12 anos, o qual estava quase a ser adoptado por Raymond antes deste ter sofrido um acidente de automóvel e ter acabado por morrer.
Os irmãos de Ethan, Cam um piloto de automóveis e Philip um executivo, sempre percorreram o mundo enquanto Ethan continuou em casa a trabalhar como marinheiro em Chesapeake. Ele é paciente e simpático e anda de olho em Grace Monroe,a actual dona de casa dos Quinn desde o liceu. Com alguma ajuda de Anna, a nova mulher de Cameron, Grace seduz finalmente Ethan, que sempre teve medo que a sua paixão por Grace a pudesse magoar. Cabe aos outros irmãos, perceber que Ethan e Grace foram feitos um para o outro e providenciar o amor e a compreensão que os irá sustentar a todos.

Ethan, o 2º filho adoptivo dos Quinn, é um homem do mar, um homem tranquilo e reservado com um coração, sem dúvida, tão bravo como o oceano que adora e respeita. Em "Marés Altas" não só se preocupará em gerir o estaleiro que montou com os seus irmãos, mas sobretudo em assumir que Seth, o mais novo dos Quinn, precisa dele desesperadamente e que para amar totalmente Grace, a jovem pela qual sempre esteve apaixonado, deverá recordar o seu passado obscuro e doloroso, aceitar e acreditar que o amor tudo cura e perdoa.

Cotação: *****

quinta-feira, 10 de julho de 2008

"Levado pelo Mar" de Nora Roberts






Este é o 1º livro da Saga da Baía de Chesapeake.

Levado pelo Mar conta a história de três irmãos, Cameron, Ethan e Philip, antigos jovens delinquentes adoptados por Raymond e Stella Quinn. Os irmãos são tão diferentes uns dos outros quanto é possível, mas têm em comum um imenso amor pelo casal que os adoptou e criou. Agora, adultos e por conta própria, têm de voltar à casa da família para honrar o último pedido do pai...

Campeão de corridas de barcos, Cameron Quinn viajou pelo mundo esbanjando as suas vitórias em champanhe e mulheres. Mas quando na hora da morte o pai o chama para cuidar de Seth, um jovem problemático como ele já fora um dia, a sua vida dá uma reviravolta. Depois de anos de independência, Cameron tem de reaprender a viver com os irmãos, enquanto luta para cozinhar, limpar e cuidar de um rapaz complicado.

Antigas rivalidades e novos ressentimentos despertam entre os irmãos, mas tudo terão de fazer para que Seth não saia prejudicado. Pois no final, será uma assistente social que decidirá o destino de Seth e, tão dura quanto bonita, ela tem o poder de unir os Quinn... ou de os separar para sempre.

terça-feira, 8 de julho de 2008

"Danças na Floresta" de Juliet Marillier




Este livro da autora é inspirado no conto de fadas As Doze Princesas Bailarinas. É a história de cinco irmãs intrépitas, em luta com quatro criaturas sinistras, três misteriosos presentes mágicos, dois amantes proibidos e um sapo enfeitiçado. Há muitos mistérios na floresta. Jena e as suas irmãs partilham o maior de todos, um segredo fantástico que lhes permite escapar à vida diária nos campos da Transilvânia, e que mantiveram escondido durante nove anos.

Quando o seu pai adoece e tem de abandonar o seu lar na floresta durante o Inverno, Jena e a sua irmã mais velha, Tati, ficam encarregues de cuidar da casa e das outras irmãs. O surgimento de um misterioso jovem de casaco preto faz nascer o amor numa das irmãs e, subitamente, Jena apercebe-se que tem de lutar para salvar aqueles que lhe são mais queridos. Acompanhada por Gogu , Jena tem de enfrentar grandes perigos para preservar não só as pessoas que ama, como também a sua própria independência e a da família.


Uma aventura maravilhosa, do género a que Juliet Marillier nos habituou. Um mundo onde a luz e as trevas se confundem, onde as heroinas têm de se descobrir fortes para ultrapassar as dificuldades, e onde o amor surge onde menos se espera.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Fui hoje ver o último filme do Indiana Jones. Não podia perder este grande filme uma vez que faz parte da minha vida. Pois é, é que eu cresci a ver o Indiana Jones e sempre me senti fascinada pelas aventuras deste grande arquólogo.

Para ser sincera estava um pouco receosa, pois muitas vezes quando fazem sequelas de grandes filmes costuma a haver desilusão. Mas não foi o caso. É um filme moderno que rerata a antiguidade e não fugiu aos filmes anteriores. Adorei o facto de retrarem os grandes mistérios da Antiguidade e de como o nosso conhecimento foi evoluindo e de quem nos ensinou.

É sem dúvida um filme a não perder. Uma grande aventura, mistério cheio de humor.